Notícias do Mundo — 21 dezembro 2010

A Assembléia Geral da ONU votou a favor de restaurar uma referência à orientação sexual de uma resolução contra a matança injustificada de grupos minoritários.

No mês passado, um painel da ONU derrubou uma referência contra gays e lésbicas, uma resolução apresentada por Marrocos e Mali. A grande maioria dos países em apoio foram Africano ou árabe.

Muitos países como Uganda consideram acrescentar a pena de morte, criminalizam a homossexualidade, não somente como uma ofensa criminosa, mas também como uma ofensa capital, merecedora de morte.

Mas hoje, na Assembléia Geral da ONU 93 votaram a favor da proposta dos Estados Unidos para restaurar a referência à orientação sexual, 55 países votaram contra e 27 abstiveram-se. A assembléia aprovou em seguida, a resolução alterada com 122 votos a favor, nenhum contra e 59 abstenções.

A emenda aprovada no mês passado pediu a correção da expressão “orientação sexual”, a ser substituído por “motivos discriminatórios em qualquer base”. A resolução faz referência explícita a um grande número de grupos, incluindo os defensores dos direitos humanos, minorias étnicas e religiosas e crianças de rua.

LEIA MAIS (em Inglês)..

Leia mais no site oficial da ONU (em Inglês)..

Share

About Author

deolhonelas

(0) Readers Comments

Comments are closed.


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home3/soninic1/public_html/deolhonelas/wp-includes/functions.php on line 3509