Campanhas LGBT Notícias do Mundo — 10 setembro 2011
O Paypal está facilitando a arrecadação de fundos a alguns dos grupos anti-LGBT mais violentos do mundo para financiar suas agendas de ódio

15.382 pessoas já apoiaram esta campanha. Precisamos de alcançar 25.000 assinaturas

http://www.allout.org/pt/actions/paypal

O PayPal estipula oficialmente que seus usuários “não podem usar o serviço PayPal para atividades que promovem o ódio, a violência, a intolerância racial”, mas o PayPal acabou se convertendo no sistema de pagamento favorito de grupos extremistas anti-LGBT ao redor do mundo. O PayPal deve agir imediatamente para fechar estas contas e proibir toda página que promova o ódio anti-LGBT.

Um dos grupos que usa o PayPal, “Abiding Truth Ministries”, frequentemente manda seu líder Scott Lively a viagens para construir uma milícia de extremistas dedicados a promover a discriminação contra pessoas LGBT. Logo depois de uma dessas viagens, Lively se gabou de ter jogado uma “bomba nuclear na agenda gay em Uganda”. Poucos dias depois, seus anfitriões naquele país apresentaram o terrível projeto de lei “Matem os Gays”.

O PayPal já conta com uma política que proíbe o uso de seus serviços “para atividades que promovam o ódio, a violência, a intolerância racial”, mas grupos como “Abiding Truth Ministries” mais dez outros que encontramos, estão se infiltrando nas brechas.

Quando conseguirmos juntar 25 mil assinaturas, vamos apresentar sua exigência diretamente aos executivos do PayPal, pedindo-lhes que fechem as contas e proíbam toda página que promova o ódio contra LGBTs.

Esta campanha é operada pela organização All Out

Através do PayPal, o serviço de pagamento por internet mais popular do planeta, mais de 130 milhões de dólares são movimentados ao redor do mundo a cada dia. Uma razão pela qual PayPal é tão maravilhoso é a possibilidade de organizações de caridade legítimas se expandirem por continentes e arrecadarem doações em moedas nacionais para causas importantes. Nas mãos erradas, porém, essa tecnologia permite que extremistas violentos se aproveitem de seguidores para conseguir apoio financeiro.

No passado, quando PayPal foi atacado por processar doações ao grupo de supremacia branca Ku Klux Klan, a companhia fez a coisa certa e os removeu rapidamente. Se o PayPal nos escutar e cancelar essas dez contas, estaremos retirando os fundos de dez dos grupos de ódio mais perigosos e causaremos um grande impacto na luta contra a homofobia em nível internacional.

CAMPANHA:

http://www.allout.org/pt/actions/paypal

Share

About Author

deolhonelas

(0) Readers Comments

Comments are closed.


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home3/soninic1/public_html/deolhonelas/wp-includes/functions.php on line 3509